Compartilhe | 
 

 Arquivo Boêmio em Japonês Vermelho

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Demente
Membro
Membro
avatar

Número de Mensagens : 156
Idade : 33
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/11/2008

MensagemAssunto: Arquivo Boêmio em Japonês Vermelho   Dom 21 Dez 2008, 18:58

Artigo e Entrevista: Marisa Kirisame

Temporada 118, Dia 4 do Mês da Folha (agosto)

Sucesso ao Tirar uma Foto da Cena do Crime do Ladrão Furtivo do Solstício de Verão

"Já foi o 5º incidente este mês", disse um residente aborrecido

Mês X, dia X ao meio-dia, outro roubo furtivo aconteceu na Mansão do Diabo Escarlate, situado no centro de um lago.

Desde que o Incidente da Névoa Vermelha (*1) cessou mês passado, houve um número súbito de arrombamentos sucessivos; porém, nem mesmo um mês se passou após o incidente e ainda se falam em mais de dez arrombamentos.

Nosso jornal, como resultado de uma investigação de três dias, conseguiu obter fotografias da cena do crime.

É lamentável que o crime não pudesse ser impedido, porque a jornalista se dedicou à fotografia, a todo custo.

A criminosa parece ser Marisa Kirisame (humana), que mora em uma casa suja na Floresta da Magia.

Quando as residentes vítimas deste crime eram interrogadas, eles responderam de uma maneira que parecia ser asquerosa: "Mas nós já sabemos quem é o culpado".

Não seria irracional pensar que há alguma relação com o Incidente da Névoa Vermelha de outro dia.

A natureza do crime era muito simples: Depois de se se mover furtivamente pela entrada dos fundos sem hesitação, o criminoso agiu como se pertencesse ao local desde o começo, e caminhou confiante no interior da mansão. Ela então levou da casa qualquer livro que lhe agradou.

É difícil acreditar que a Mansão palaciana do Diabo Escarlate seja roubada por residentes; a pessoa esperaria alguém ter estado presente; porém, a pessoa não pode negligenciar um crime sem ter um perfil psicológico ligeiramente voltado ao crime.

Neste caso, como a mansão não estava vazia, talvez este não possa ser considerado um roubo furtivo.

Porém, parece não ser nem um roubo violento nem um esquema corajosamente complicado, se esta for a forma mais apropriada para chamá-lo.

Por isso, este artigo concordou no uso do termo ladrão furtivo.

De acordo com a residente que foi roubada, a criminosa deixou as seguintes palavras:

"Eu, o ladrão furtivo? Isso é cruel. Embora eu me mova furtivamente, não é como se eu roubasse qualquer coisa. Minha vida é de qualquer maneira mais curta que a sua, assim você não pode pegar tudo de volta depois de minha morte? Até então, eu apenas estou pedindo emprestado. Isso não vai ser ruim para os bens que modo algum."

O conteúdo do excerto é de todos os ângulos uma resposta infantil típica de humanos, mas é mais surpreendente que o culpado e os residentes conversem regularmente.

(Aya Shameimaru)

*1 neste verão, uma névoa vermelha engoliu temporariamente Gensokyo e toda a luz solar foi bloqueada momentaneamente. Os detalhes são incertos mas é conhecido que mês passado o incidente já estava resolvido por um humano e a forte luz solar de verão foi restabelecida.


Entrevista

Marisa: O que é este jornal de terceira categoria?

Aya: É o "Bunbunmaru Shimbun" que informa a informação mais maravilhosa com a velocidade mais rápida em Gensokyo. Eu não posso acreditar que há qualquer um que não o conheça.

Marisa: É medíocre. Os conteúdos são horríveis. Que tipo de idiota escreveria algo assim?

Aya: Às vezes informações muito precisas precisam ser criticadas.

Marisa: Você é a idiota que escreveu isto, não é?

Aya: Até mesmo se eu receber alguma crítica, eu não deixarei de escrever artigos.

Marisa: Não há nada mais aborrecedor que os idiotas ativos, mas já que você disse que é informada rapidamente em Gensokyo, quando você pensa que esta história aconteceu aproximadamente?

Aya: Como isto aconteceu na época do Incidente da Névoa Vermelha... eu acho que a apenas 20 anos atrás? Ou apenas a 12 anos atrás?

Marisa: Foi a dois anos atrás, como o relógio-biológico rápido que você tem. Por quê tais notícias velhas estão fazendo ponto em um artigo?

Aya: Este jornal foi publicado dois anos atrás. Você viu minha máquina fotográfica e disse: "eu quero ver um artigo que me caracterize". É por isso que eu achei isto para você.

Marisa: Ah, eu tenho a sensação que eu falei isso. Nós vemos uma máquina fotográfica funcional em Gensokyo apenas... Eh? Espere! Você não me falou a dois anos que você escreveu um artigo sobre mim sem permissão?

Aya: Meu dever é informar o verdadeiro estado de Gensokyo.

Marisa: Que corvo esperto você é. Eu desejo saber onde você tem se escondido.

Aya: Nós tengu sempre assistimos Gensokyo inteira do céu; nós podemos ter notícias conversando com o vento. Até mesmo se você cometer um crime em algum lugar, você não pode manter isto um segredo!

Marisa: Você quer dizer que tengu tem olhos e orelhas sobrenaturais, que desperdício de tempo. E você fareja tão bem quanto cachorros?

Aya: Nenhum comentário.

Marisa: Pense nisso, havia um rumor que quando nós bebemos ou comemos algo gostoso em um local aberto, seus amigos virão de parte alguma. Então vocês tengu são tão bons quanto um cachorro?

Aya: Isso é infundado. Não arda em rumores desonrosos!

Marisa: Oh é isto. Ainda, considerando que o artigo não foi criticado durante dois anos, seu jornal realmente parece ter falta de circulação.

Aya: Eu tenho que popularizar mais meu jornal.

Marisa: Eu penso que você tem o número perfeito de leitores que determinam a qualidade de seus conteúdos. A propósito, eu ouvi que eu poderia adquirir sakê, limpadores e amuletos preciosos lendo um jornal no mundo externo. Eu posso adquirir esses lendo o seu?

Aya: Não.

Marisa: Eu quero sakê.

Aya: Eu disse que "não". O "Bunbunmaru Shimbun" dá melhor importância a seus artigos.

Marisa: Você diz assim, mas os artigos não são tão bons. Ainda, eu desejo levar esta única foto, já que é a única fotografia satisfatória.

Aya: Espere, esta é uma de minhas fotografias arquivadas, não leve isso!

Marisa: Eu pedirei isto emprestado até pouco depois de minha morte.

Aya: Você realmente parece ser uma humana que viverá por muito tempo.

fonte:
Touhou Wiki - Article_and_Interview:_Marisa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://masmorradescuidada.blogspot.com/
Demente
Membro
Membro
avatar

Número de Mensagens : 156
Idade : 33
Warn :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/11/2008

MensagemAssunto: Re: Arquivo Boêmio em Japonês Vermelho   Dom 18 Jan 2009, 15:25

Artigo (e futura Entrevista): Sakuya Izayoi

Dia 3 do Mês da Folha (agosto), Temporada 119

"Estranho Caçador de Tesouros Move-se Pela Noite "

Um tubo, um pião e um pedaço de tartaruga... Por que ela roubou tais coisas estranhas?

Ao amanhecer em X/X, o incidente ficou claro pelo relatório de uma vítima; um humano que a pouco tempo se movia furtivamente por aí e colecionava coisas engraçadas.

A criminosa infiltrou-se na casa da vítima e tentou roubar uma ferramenta chamada Hakkero, um objeto valioso. Infelizmente, a vítima não tinha dormido, assim o crime foi mal-sucedido.

A criminosa era Sakuya Izayoi (uma humana), a empregada principal da Mansão do Diabo Escarlate que fica na extremidade de um lago.

Quando a vítima a pegou, ela tinha várias coisas estranhas em sua posse, assim a vítima sentia suspeitas e a seguiu à Mansão do Diabo Escarlate. O criminoso deu a desculpa abaixo.

"Estes artigos são para o feitiço de ir para a Lua. Minha senhora insistiu que queria ir lá antes de amanhecer, assim eu coletei os materiais necessários para isso. Eu teria devolvido tudo de volta a você quando o sol nacesse."

No dia que este incidente aconteceu, houve um incidente que estendeu a duração da noite de forma que ela ficou mais longa que o habitual; o que causou inúmeros acidentes. A desculpa do criminoso parecia ser um pouco antinatural por causa da sua confusão.

"Um tubo é um substituto para um foguete; um pião o é para um giroscópio. O sangue de um pedaço de tartaruga se parece com um combustível líquido, não acontece? Claro que o Hakkero é um motor de foguete... Porém, eu realmente não tenho nenhuma idéia do que Armstrong quis dizer."

A criminosa é uma boa e respeitável empregada entre os humanos de Gensokyo, assim o comportamento antinatural dela era notável naquele dia. Ainda, ela tem um hábito de juntar coisas engraçadas como flores de bambu, diamantes azuis, e muitos outros artigos. Eu penso que foi o que a levou a cometer este crime estranho.

A vítima, Marisa Kirisame (uma humana), fez o seguinte comentário sobre o incidente.

"Ela é irritante; ela levou minhas coisas deliberadamente. Embora ela dissesse que ela os devolveria a mim, eu acredito que ela estava mentindo."

Nesse momento, o Hakkero foi devolvido a ela em segurança, assim a vítima não a investigou mais tarde. A empregada criminosa e os residentes da Mansão do Diabo Escarlate também se recusaram a comentar. Isso é por que a sua motivação e propósitos são, no fim, incertos.

Entrevista
Ainda por traduzir do japonês

Fonte:
Article and Interview: Sakuya
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://masmorradescuidada.blogspot.com/
 
Arquivo Boêmio em Japonês Vermelho
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Akai Ito - O fio vermelho do destino
» Ferrari F40 - Tamiya
» Nissan 350z - Nismo
» Ford Maverick GT 77 - DMC
» Nissan Stagea R34

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TouhouBrasil :: Gensokyo :: Doujin/Multimídia-
Ir para: